terça-feira, 15 de novembro de 2016

Fernão Pires, a pérola do Tejo!

Fonte: O Grande Livro das Castas
A apaixonante casta Fernão pires (ou Maria Gomes na Bairrada) é amada por muitos devido ao seu carácter jovem e frutado mas desconsiderada por outros devido à sua simplicidade. Uma das castas brancas mais plantadas em Portugal, o seu lar predileto é a região da Bairrada, Lisboa, Setúbal e principalmente o Tejo.
Na grande imensidão das castas portuguesas, a Fernão Pires, na região do Tejo tem brilhado, sendo uma casta tão exuberante que é difícil um enólogo produzir um mau vinho. Produz vinhos ricamente perfumados com uma acidez baixa e acrescenta aromas intensos frutados e florais aos lotes. Dada a sua riqueza e versatilidade, é utilizada para a produção de vinhos jovens, espumantes, frisantes, licorosos e para colheitas tardias com objetivo de produção de vinhos doces.
Em geral os seus mostos são menos concentrados e menos alcoólicos. No entanto, apesar de na sua grande maioria produzir vinhos jovens, leves e frutados, também pode ser utilizada para vinhos encorpados através de por exemplo da colheita tardia.

Planície Branco 2015
Venho hoje partilhar com vocês um vinho monocasta Fernão Pires da região do Tejo que tive oportunidade de degustar. Estamos a falar do “Planície branco 2015”! Um vinho com excelente relação qualidade/preço que demonstra fielmente o carácter jovem e frutado desta casta. Cumpre aquilo que promete! Um vinho simples mas muito agradável. 
Planície 2015
Casta: Fernão Pires
Região: Tejo
Vinícola: Adega de Almeirim
Álcool: 12%
Fermentação a baixas temperaturas
Notas de prova: Um vinho de cor amarelo palha com nuances esverdeadas. No nariz muito aromático, floral com uma boa presença de abacaxi. Na boca é um vinho simples, suave, frutado e equilibrado. Um vinho jovem e gastronómico.
PVP: 1.68€



E vocês já experimentaram esta casta? Se não, não perca a oportunidade. 


Sem comentários:

Enviar um comentário