segunda-feira, 16 de janeiro de 2017

Comida picante e vinho? Sim, é possível.

Hoje assinala-se o dia internacional da comida picante e não poderíamos passar a data em branco. A relação do vinho com o picante é polémica dado que há quem tenha tentado harmonizar com insucesso.   Quando falamos em comida mexicana, africana ou indiana associamos a outras bebidas como cerveja. No entanto, se entendermos o impacto do picante na nossa boca, iremos encontrar vinhos que irão ser o par perfeito. Uma vez experimentei chilli com um vinho tinto com taninos firmes e amadeirado. Tornou-se uma experiência para esquecerApesar da harmonia ser desafiante, é possível termos uma experiência gastronómica prazerosa.
Vejamos então algumas dicas:
Vinhos frutados são a melhor opção. 
  • 1.    Em geral, para acompanhar um prato picante, o vinho deverá ser frutado, tendencialmente doce e fresco. A doçura equilibra o excesso de ardência.
  • 2.    Evite vinhos alcoólicos! O álcool tende a acentuar o calor do picante.
  • 3.    Cuidado com os vinhos demasiado encorpados e tânicos pois podem aumentar a sensação de calor. O picante realça também a adstringência do vinho.
  • 4.    Na intenção de servir um vinho branco, opte por vinhos frescos, mais ácidos e frutados como o vinho verde ou brancos de regiões mais frias. Deixamos a sugestão de um branco do Dão.
  • 5.    No caso do vinho tinto, escolha um vinho leve com taninos suaves, álcool moderado e frutado.
  • 6.    Prefira vinhos sem madeira dado que o picante irá realçar o aroma amadeirado. Os brancos mais envelhecidos não são a melhor eleição.
  • 7.    Todos conhecemos a versatilidade dos espumantes. São sempre uma boa escolha para acompanhar um prato picante dada a sua frescura característica. Frisantes como o Lambrusco são uma ótima escolha pois conciliam doçura com frescura.

 Como qualquer harmonização, a subjetividade está sempre presente. Não há nada como experimentar! No geral, um prato picante necessita de um vinho simples, frutado e fresco como os famosos "vinhos fáceis de beber".  O vinho é sempre uma boa companhia para qualquer experiência gastronómica. Ficamos a aguardar as vossas sugestões. 

Sem comentários:

Enviar um comentário