domingo, 9 de outubro de 2016

Não basta beber, cheire o vinho!

Quer ter o cérebro em forma? Cheire o Vinho!

Para além de todos os benefícios conhecidos na ingestão regular de vinho, eis que surge uma nova investigação sobre os efeitos do hábito de cheirar vinho.

Foi o que concluiu a Cleveland clinic, em Las Vegas ao estudar os mestres sommeliers e a sua capacidade olfativa. Cheirar o vinho previne o surgimento de doenças neurológicas como Alzheimer e Parkinson desenvolvendo a área do cérebro responsável pelo olfato. O surpreendente é que a par do desenvolvimento da capacidade olfativa a área responsável pela memória também mostrou-se mais expressa nos sommeliers em análise.

 O estudo foi mais um contributo para o combate das doenças neurodegenerativas. Não podia deixar de partilhar esta notícia.


Sem comentários:

Enviar um comentário